domingo, 28 de fevereiro de 2010

DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO

"Quanto riso, oh ! quanto alegria...
Mais de mil palhaços no salão... "(Marchinha)


"Filho de peixe, peixinho é..." (Ditado popular)

REFLEXÃO

Eu que me queixava que não tinha sapatos, encontrei um mendigo que não tinha pés" (Confúcio)

ELE FOI MEU ALUNO NO DONINO - JOVEM TALENTO

QUEM SOU EU

Sou uma pessoa feliz,
Amo muito a vida
E dela sou aprendiz;
Tenho várias paixões,
Mas, como qualquer um,
Possuo imperfeições;
Se os caminhos desta vida
Ainda não sei de cor,
Pelo menos busco,
A cada dia,
Tornar-me alguém melhor.

(Renato César)

sábado, 27 de fevereiro de 2010

A NOSSA VIDA É UM CARNAVAL






" A nossa vida
É um Carnaval
A gente brinca escondendo a dor
Na fantasia, o meu ideal,
É você...
Meu amor" ( Moacir Franco)

PAÍS TROPICAL


"Moro num país tropical
Abençoado por Deus...
E bonito por natureza...
Mas que beleza

Em fevereiro
Tem Carnaval...
Tem Carnaval...

Eu tenho um fusca
E um violão
Sou Flamengo...
E tenho uma nega
chamada Tereza...
Sou Flamengo" (Jorge Ben Jor )




sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

SAUDADES, SAUDADES


















"Carnaval, nao envelhece, cada vez está mais novo...
Ele vem saliente, alegre, contente na boca do povo
Ê, no Carnaval tristeza vai se mandar
Quero entrar na folia e não ficar de bobeira
Meu pai vivia dizendo...
Com ele fui aprendendendo e vocês tem que saber...
Ê, no Carnaval tristeza vai se mandar..."



sábado, 6 de fevereiro de 2010

SIMPLESMENTE MULHER

Mulher, mãe, amante e esposa
Simplesmente mulher
não a Amélia,
Mas uma mulher que sonha
como ourtra qualquer do planeta
Não a Tereza da Praia,
Fiel aos seus proncípios
o amor é para sempre...
"Infinito enquanto dure..."
- Como diria- o grande Vinicius de Morais
mulher, aquela mulher , mãe, amante e companheira
Aquela mulher, leoa
Que sai para caçar
Alimentar seus filhos e sastifazer seu macho
Mulher de fibra, que não
Aceita traição, mentiras ou ilusão
mulher, mãe e esposa...
Amiga até que a morte os separe,
idiota, não,
Apenas mulher



Luiza Pinto Moura, fervereiro 2007