segunda-feira, 31 de outubro de 2011

PEDRO PESCADOR DE ALMAS - DINÂMICA DE GRUPO

Primeiro analise a vida do apostólo Pedro e mentalize com você usará da vida dele nesta Dinâmica

1.0 Depois peça aos seus alunos que construam um barquinho de papel.Alguns precisarão de ajuda.

2.0 Logo, após  construção faça-os analisar esse barquinho com diversas maneiras diferentes de interpretação.


3.0 Então convide-os a navegar com você no barquinho e os questione se eles conhecem a história de Pedro., Pescador de Almas



4. 0 Incentive-os a ficarem de pé, ainda contando a história e fazendo o barquinho se movimentar, para um lado  para outro.




5.0 Em seguida corte primeiro a proa do barquinho(Pedro estava se afogando , a tempestande derrubou a proa, as laterais). Veja o que sobrou do barquinho?  Um colete salva-vidas.E que bom que Pedro que acreditava no Senhor Jesus, não morreu...


5.1 E se você fosse Pedro, quem você salvaria? Por quê?


ÁS HISTÓRIAS QUE SURGIRÃO VALEM A PENA SEREM OUVIDAS. APROVEITE!









"Colocar-se no lugar do outro é vivenciar a empatia"
BOA SEMANA! 
Muita paz!

Profª Luiza Pinto Moura

domingo, 30 de outubro de 2011

ORAÇÃO DOMINICAL - DEFINITIVO - CARLOS DRUMOND DE ANDRADE

FRAGMENTOS
[...]Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

Carlos Drumond de Andarde

GUERRA DOS MENINOS - ROBERTO CARLOS




Hoje eu tive um sonho que foi o mais bonito
Que eu sonhei em toda a minha vida
Sonhei que todo mundo vivia preocupado
Tentando encontrar uma saída
Quando em minha porta alguém tocou
Sem que ela se abrisse ele entrou
E era algo tão divino, luz em forma de menino
Que uma canção me ensinou
La…la..la… (coro)
Tinha na inocência a sabedoria
Da simplicidade e me dizia
Que tudo é mais forte quando todos cantam
A mesma canção e que eu devia
Ensinar a todos por ali
E quantos mais houvessem para ouvir
E a fé em cada coração, na força daquela canção
Seria ouvida lá no céu por Deus
La…la…la.. (coro)
E saí cantando meu pequeno hino
Quando vi que alguém também cantava
Vi minha esperança na voz de um menino
Que sorrindo me acompanhava
Outros que brincavam mais além
Deixavam de brincar pra vir também
E cada vez crescia mais aquele batalhão de paz
Onde já marchavam mais de cem
La…la…la… (coro)
De todos os lugares vinham aos milhares
E em pouco tempo eram milhões
Invadindo ruas, campos e cidades
Espalhando amor aos corações
Em resposta o céu se iluminou
Uma luz imensa apareceu
Tocaram fortes os sinos, os sons eram divinos
A paz tão esperada aconteceu
Inimigos se abraçaram e juntos festejaram
O bem maior, a paz, o amor e Deus
La…la…la… (coro)
 Roberto Carlos - Erasmo Carlos