quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

O QUE É, O QUE É?

Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...

E a vida
Ela é maravilha
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo...

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...

Você diz que é luxo e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser...

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita.. (Gonzaguinha)


FELIZ 2010!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

ATIRE A PRIMEIRA FLOR

Quando tudo for pedra... atire a primeira flor.
Quando tudo parecer caminhar errado, seja você a tentar o primeiro passo certo.
Se tudo parecer escuro, se nada puder ser visto, acenda você a primeira luz.
Traga para a treva você primeiro a pequena lâmpada.

Quando todos estiverem chorando, tente você o primeiro sorriso.
Talvez não na forma de lábios sorridentes, mas na de um coração que compreenda, de braços que confortem.
Se a vida inteira for um imenso não, não pare você na busca do primeiro sim, ao qual tudo de positivo deverá seguir-se.


Quando ninguém souber coisa alguma e você souber um pouquinho, seja o primeiro a ensinar.
Começando por aprender você mesmo, corrigindo-se a si mesmo.
Quando alguém estiver angustiado, a procura nem sabendo o que, consulte bem o que se passa.
Talvez seja em busca de você mesmo que este seu irmão esteja.


Daí, portanto, você deve ser o primeiro a aparecer, o primeiro a mostrar que pode ser o único e mais sério ainda talvez o último.
Quando a terra estiver seca que sua mão seja a primeira a regá-la.
Quando a flor se sufocar na urze e no espinho, que sua mão seja a primeira a separar o joio, a arrancar a praga, a afagar a pétala, a acariciar a flor.


Se a porta estiver fechada de você venha a primeira chave.
Se o vento sopra frio, que o calor de sua lareira seja a primeira proteção e primeiro abrigo.
Se o pão for apenas massa e não estiver cozido, seja você o primeiro forno para transformá-lo em alimento.


Não atire a primeira pedra em quem erra.
De acusadores o mundo esta cheio.
Nem por outro lado, aplauda o erro, dentro em pouco a ovação será ensurdecedora.
Ofereça sua mão primeiro para levantar quem caiu.
Sua atenção primeiro para aquele que foi esquecido, seja você o primeiro para aquele que não tem ninguém.


Quando tudo for espinho atire a primeira flor, seja o primeiro a mostrar que há caminho de volta. Compreendendo que o perdão regenera, que a compreensão edifica, que o auxilio possibilita, que o entendimento reconstrói.
Atire você, quando tudo for pedra, a primeira e decisiva flor...
A regra de ouro e:
"Fazer aos outros o que desejamos que nos façam"
(Autor Desconhecido)

O que é, o que é?

Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...

E a vida
Ela é maravilha
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo...

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...

Você diz que é luxo e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser...

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

(Gonzaguinha)

domingo, 27 de dezembro de 2009

O ÚNICO ANIMAL

O homem é o único animal...
... que ri
... que chora
... que passa por outro e finge que não vê
... que fala mais do que papagaio
... que está sempre no cio
... que passa a trote
... que passa calote
... que mata à distância
... que manda matar
... que esfola os outros e vende a pele
... que alimenta as crias mas depois cobra com chantagem sentimental
... que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
... que leva meses aprendendo a andar
... que vai a aula de canto
... que desafina
... que paga para voar
... que pensa que é anfíbio e morre afogado
... que pensa que é bípede e tem problemas de coluna
... que não tem rabo colorido mas manda fazer
... que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
... que tem que comprar antenas
... que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
... que faz um boneco inflável da fêmea
... que não suporta o próprio cheiro
... que se veste
... que veste os outros
... que despe os outros
... que só lambe os outros
... que tem cotas de emigração
... que não tem uma linguagem comum a toda a espécie
... que se tosquia porque quer
... que joga no bicho
... que aposta em galo e cavalo
... que tem gato e cachorro
... que lucra com os ovos dos outros
... que caça borboleta
... que usa gravata e pensa que Deus é parecido com ele
... que planta e colhe
... que planta e colhe e mesmo assim morre de fome
... que foi à lua
... que apara os bigodes
... que só come carne crua em restaurante alemão
... que gosta de escargot (fora o escargot)
... que faz dieta
... que usa o dedão
... que faz gargarejo
... que escraviza
... que tem horas
... que imita passarinho
... que poderia ter construído Veneza e destruído Hiroshima
... que faz fogo
... que se analisa
... que faz ginástica rítmica
... que sabe que vai morrer
... que sabe que vai morrer e mesmo assim vai atrás do motorista que passou à sua frente só para insultar a mãe dele e se desagravar porque não leva desaforo para casa de vagabundo nenhum
... que sabe que vai morrer e mesmo assim, ou por causa disto, fica fazendo caretas em frente do espelho
... que se compara com os outros animais
... que se mata
... que se pinta
... que senta e cruza as pernas
... que chupa os dentes
... que pensa que é eterno.

O homem não é o único animal...
... que constrói casa, mas é o único que precisa de fechadura
... que faz sexo, mas é o único que precisa de manual de instruções
... que foge dos outros, mas é o único que chama de retirada estratégica
... que se ajoelha, mas é o único que faz isto voluntariamente
... que trai, polui e aterroriza, mas é o único que se justifica depois
... que engole sapos, mas é o único que não faz isso pelo valor nutricional.

Luís Fernando Veríssimo

"Os fracos desistem, os fortes persistem e os tolos ignoram, mas os sábios acreditam"(Luiza Pinto Moura)

Parabéns aos Concluintes 2009, da ESCOLA PROFESSOR DONINO E DO NOSSO BRASIL!

sábado, 26 de dezembro de 2009

CONCLUSÃO DAS OITAVAS SÉRIES DO DONINO

"Fui alfabetizado no chão do quintal da minha casa, à sombra das mangueiras, com palavras do meu mundo maior dos meus pais. O chão foi o meu quadro-negro; gravetos, o meu giz. Você veja com isso me marcou, anos depois. Já homem, eu proponho isso! Ao nível da alfabetização de adultos por exemplo."( Paulo Freire)

"O que faz um homem diferente do outro, são as atitudes"(Luiza Pinto Moura)


A Escola Professor Donino estará presente no Clube Rotary de Belo Jardim neste sábado às 20 horas, vivenciando solenemente a Conclusão dos alunos das oitavas séries, tendo como coordenadora da Comissão de formatura a Profª Elaisa Souza. Direção e professores da Escola parabenizam a todos os concluintes e almejam que todos tenham bons resultados nesta nova etapa.

Oração de São Francisco

Senhor, fazei-me instrumento de Vossa Paz
Onde houver ódio,que eu leve o amor
Onde houver ofensa,que eu leve o perdão
Onde houver discórdia, que eu leve a união
Onde houver dúvida, que eu leve a fé
Onde houver erro, que eu leve a verdade
Onde houver despero, que eu leve a esperança
Onde houver tristeza,que eu leve alegria
Onde houver trevas, que eu leve a luz
Ó Mestre,fazei que eu procure mais
Consolar,que ser consolado
Compreender, que ser compreendido
Amar, que ser amado
Pois é dando que se recebe
É perdoando que se é perdoado
E é morrendo que se vive para a Vida Eterna.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

SOLIDARIEDADE ENTRE OS POVOS

Aquele que ampara uma criança
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que alimenta um pedinte
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que não divulga os méritos
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que acolhe o irmão menos favorecido
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que dar ao viajor sustentação
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que perdoa de coração
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que serve de candeia ao cego
Abriga o Cristo Jesus
Aquele que vivencia a Palavra de Deus
Abriga o Cristo Jesus
Fora do Amor
E da Caridade
Não há Salvação!
Abrigue o Cristo Jesus
Em vossos corações!
(Luiza Pinto Moura, dezembro, 2009)

FELIZ 2010 !

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Natal tempo de reconciliação

É Natal
Paz na terra aos homens de boa vontade
É Natal
Quero paz de mãos se encontramdo
É Natal
Que nenhuma criança seja MAIS uma vítima do abandono
É Natal
Que ninguém, em nosso país, no mundo, na terra
Durma de barriga vazia...de pão ou qualquer alimento,
Mas também de afeto ou de palavra de conforto...
É Natal
Quando já não existir negros, pardos, brancos ou amarelos,
Mas apenas criaturas de Deus
É Natal
Que todos os povos encontrem a harmonia
No Cristo Jesus
É Natal
Quando não apenas existir, à árvore, a ceia...
Mas a fraternidade entre ás Nações
É Natal
Quando o homem perdoa seu irmão...
É Natal
Que o Cristo Jesus esteja sempre em nossos corações,
Não apenas porque é Natal!
É Natal
Antes da festa ...o mais importante é o aniversariante.
“O amor de Cristo , nos uniu”
Amém!
(Luiza Pinto Moura, Dezembro, 2008)

Feliz Natal e FELIZ ANO NOVO !


Publicado no jornalmundo jovem,Dezembro,2009



GESTAR II - SEMINÁRIO NA FAFICA - NOSSAS ESCOLAS

Maria Galvão,Bento Américo e Donino
Belo Jardim, na busca de um novo Conhecimento
Profª Formadora apreciando mais uma vez "Os Portfólios"
Donino, Tomás Alves e Marcus Freire
Donino e Frei Cassiano
Portfólios
Bento Américo, Donino e Maria Galvão
Frei Cassiano, Donino e Bento Américo
Marcus Freire e Tomás Alves
Maria Galvão

AMIGO CHOCOLATE, NO GESTAR II - "As luas de Luísa"

-
A terra tem uma lua.Saturno tem vinte, mas Luísa , temperamental, imprevisível, criativa, brincalhona, chorona, risonha, generosa, carente e absurda, tinha pelo menos umas trinta luas perto de si.
Cada lua representava um estado de espírito diferente.
A melhor lua iluminava as brincadeiras noturnas quando Luísa ficava acordada jogando, brincando, pulando na cama, vendo TV, fazendo maluquices e olhando o céu. Era quando a mãe chegava e dizia: "Para com isso, amanhã, você tem que acordar cedo" O que já era suficiente para despertar a pior das luas: a do mau humor. Nesse momento ela batia o pé, chorava, xingava, e a mãe dizia apenas:" Luísa, você é da lua!" E fechava a janela[...]

FRATE. Diléia. Histórias para acordar. São Paulo:
Companhia das Letrinhas, 1996. p.72 Editora Shwarcz Ltda

Acompanhando uma árvore de chocolate, recebi tão amável mensagem da amiga Lady Daiana. Simplesmente fiquei encantada e muito feliz


"Luíza esse trecho eu retirei do livro didático da 5ª série, que eu trabalho na escola. Desde o nosso primeiro encontro no Gestar que eu o associe a você. Toda vez que eu te via, lembrava: " As luas de Luísa" ( Toda Luísa é especial!)

Um grande abraço!
Dos seus amigos que te admira muito, Daiana e Célio, Novembro, 2009"

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A cicratiz na alma

A dor é crescimento
A dor é aprendizado , é cicratiz na alma
A dor é bálsamo nas feridas da alma

A dor é uma forma de elevar o pensamento ao Criador
A dor, meu irmão
E a cura para as enfermidades de uma outra existência

Diante da dor está aquela criatura que redime as culpas
Diante da dor, o homem se conforta no Pai Celestial
Diante da dor entendemos a palavra do Senhor Jesus

Na dor podemos compreender que nada é por acaso
Mas conseqüência da Presença de Deus em nossas vidas
A dor é bálsamo nas feridas, meu irmão

É momento de elevação do pensamento ao Criador
É clamar para suportar e compreendê-la
A dor, não é um final, mas um novo recomeço

De cura e aprendizado
Neste mundo de provas e expiações
Que o Nosso Senhor amenize a dor
E cure a cicratiz existente na alma.

(Luiza Pinto Moura, dezembro, 2009)

domingo, 20 de dezembro de 2009

Momento de Reflexão

"Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que plenejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu" (Luís Fernando Veríssimo)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

GESTAR II - SEMINÁRIO NA FAFICA

Ao som de Violão e Voz, os Professores da área de Língua portuguesa e Matemática Cursistas do GESTAR II, da Gerência Regional Agreste Centro Norte, após as apresentações dos portfólios e projetos, receberam o Certificado de Conclusão de Curso, equivalente a 300h. Este evento foi acompanhado pelo Gestor António Santos e a Gerente de Políticas Educacionais do Ensino Fundamental, professora Zélia Porto,gestores de algumas escolas, educadores e professores formadores.

Diversos trabalhos mostrando a qualidade dos professores, preocupação e compromisso com a educação.Este foi um momento inédito na Educação disciplinas opostas apresentando trabalho de igual valor.

"O manuseio das tecnologias ainda é algo que temos muito que aprender."
(Luiza Pinto Moura)



Mesmo com a adversidade, (as exposições dos projetos, muitas vezes interrompidas pela falhas técnicas) Belo Jardim teve um grande desempenho, a professora Ivanilda Lima, fez uma apresentação dinâmica e prestou-nos uma homenagem simbólica no momento da apresentação do projeto, e a Formadora Daiana Moreira nos presenteou com uma caneta grafada GESTAR II, foi um momento de aprendizagem e socialização dos saberes.

Súplica

Senhor,

Estamos aqui neste momento

Precisando mais e mais de ti,

Tu que podes todas as coisas

Chega ao nosso lar

Ampara a nossa família

Afasta-nos de todo o mal

Repreendendo, a fome a miséria, a inveja,

Também, Senhor, a maledicência...

Não permita que ela adentre a nossa casa

Ó, Senhor

Faça-nos forte para vivenciarmos

Os Teus ensinamentos: “Amai-vos, uns aos outros”

Liberta-nos das tentações

Auxilia-nos em nossos locais de trabalho

Faze-nos instrumentos da Vossa paz,

Iluminando e nos guiando,

Na educação dos nossos filhos e nossos alunos

Hoje e sempre.

Amém!

(Luiza Pinto Moura, Outubro, 2009)

GESTAR II - SEMINÁRIO NA FAFICA

Acontecerá hoje às 8h, o Seminário do Gestar II na Fafica, envolvendo todos os professores cursistas e formadores da GRE Agreste Centro Norte(Caruaru -PE). Neste encontro serão apresentados os projetos, os portfólios e alguns blogs. A cidade de Belo Jardim será representada pela Profª Ivanilda Lima da Escola Professor Donino.Isso é muito bom!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

O erro não é do português, mas sim da Ortografia




Este Projeto foi realizado na Escola Professor Donino pelos alunos das oitavas séries, e seus objetivos espécificos foram:

verificar as irregularidades das diferentes variedades do português, reconhecendo os valores sociais, nelas implicados e consequentemente, o preconceito contra as formas dos grupos socialmente menos favorecidos.( variedades linguísticas, distorção entre a grafia e a fala e outros)

Identificar e corrigir, num dado texto, determinadas inadequações em relação a um padrão estabelecido.

Pesquisar nos bairros erros orográficos, fotografando-os para consulta e analise e posteriormente a apresentações ao grande grupo.

Então na manhã de ontem, alunos da oitava série B, realizaram a culminância do Projeto, com trabalhos em slides, apresentado a Profª Luiza Pinto Moura, como conclusão dessa pesquisa.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

AS QUATRO GARES

Na infância
Hora do conto
E do faz de conta

Na adolescência
Aquele amor
Nem me fale

Na maturidade
A descoberta do “EU”
Ego supremo
Mas também do outro

Na velhice
A saudade
Florindo e teimando
Como novos brotos

Nascendo, nascendo...
E surgindo, e surgindo
Os seus e os meus
E os nossos netos e bisnetos

Que valores descobrirão
Neste amanhã tão próximo?
(Luiza Pinto Moura, Agosto-2009 )

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Visita ao Lar dos idosos Bezerra de Menezes




Registrar a história, para poder contá-la, seja um conto, uma lenda ou outras situações, porque às gerações futuras, precisarão conhecer o passado para aceitarem o presente.
(Luiza Pinto Moura)


Tudo começou no espaço escolar, conversas, estudos, poemas e coleta de sabonetes para doação no Lar dos idosos, em Belo Jardim. Alunos da 6ª série, eufóricos decidiram que seria hoje a nossa visita, Com antecedência a professora Luiza Pinto Moura, agendou a tão esperada aula.

Gente, foi o máximo...eles foram para minha casa, antes marcado na Biblioteca Pública Municipal, aguardarem que eu fosse buscar (emprestada, claro) a máquina para registrar o acontecimento. Então saímos pelas ruas, fotografando...aqui e acolá....

Eles quem deram a aula, disseram: devemos dizer, boa tarde, obrigado(a). E quando pensei que estava encerrada a visita, deram um show, começaram a cantar músicas gospel, e os idosos os acompanhando, uma aluna, Alânia pediu a palavra e discursou em prol daquele instante, E na despedida muitos beijos e abraços para os vovôs e vovós que alí se encontravam.
Após a visita fomos a sorveteria, hora de comemorar.

Então o que mais dizer?

Obrigada, Papai do Céu! Dever Cumprido, graças a Deus!

domingo, 13 de dezembro de 2009

Momento de Reflexão

Escreva palavras edificantes que elas surtirão efeitos. O fraco quer que sempre nos igualemos a ele, então sejamos fortes, pois ele precisa é de exemplos.(Luiza Pinto Moura)

sábado, 12 de dezembro de 2009

O menino se fez homem

(Homenagem ao meu filho, Alyson Rafael)

Lá no berço dormia
Um sono tranqüilo
Era apenas um anjinho que respirava
Acolhido pela nova existência

Aos poucos foi descobrindo
Cada espaço a sua volta
E foi caminhando devagar tomando impulso
Já era homem feito, despertava as paixões

E ele viu a Eva
Se encantou com tanta beleza
E o menino se fez homem

Aprendeu a amar
Formou uma nova família
E descobriu a responsabilidade nos ombros
De ser pai... de um novo menino

E o menino se fez homem
Diploma na mão,
E uma família no coração
E o menino se fez homem...
(Luiza Pinto Moura, dezembro 2009)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Essa nossa Língua Portuguesa! Vixe! É belísssima!

Só quem é pernambucano entende!!!
Botão de som é pitôco;
Se é muito miúdo é pixototinho;
Se for resto é cotôco;
Tudo que é bom é massa ;
Tudo que é ruim é peba;
Rir dos outros é mangar;
Já faltar aula é gazear;
Quem é franzino (pequeno e magro) é xôxo;
O bobo se chama leso;
E o medroso se chama frouxo;
Tá com raiva é invocado;
Vai sair, diz vou chegar;
"Caba" (homem), sem dinheiro é liso;
A moça nova é boyzinha;
Pernilongo é muriçoca;
Chicote se chama açoite;
Quem entra sem licença emburaca;
Sinal de espanto é "vôte";
Quem tem sorte é cagado;
Pedaço de pedra é xêxo;
Quem não paga é xexêro;
O mesquinho ou sovina é amarrado, muquirana, mão de vaca, pirangueiro;
Quem dá furo (não cumpre o prometido ou compromisso) é fulero;
Sujeira de olho é remela;
Gente insistente é pegajosa;
Meleca se chama catota;
Catinga de suor é inhaca;
Mancha de pancada é rôncha;
Briga pequena é arenga;
Performance ou atitude de palhaço é munganga;
Corrente com pingente é trancilim;
Pão bengala é tabica;
Desarrumado é malamanhado;
Pessoa triste é borocoxô, macambúzo;
"É mesmo" é "Iapôis";
Borracha de dinheiro é liga;
Correr atrás de alguém é dar uma carrera;
Fofoca é fuxico;
Estouro aqui se chama pipôco;
Confusão é rolo;
É assim que acontece, visse?
(Autor Desconhecido)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

PROJETO DONINO NA TERRA DE VITALINO (Vivenciado com certeza)

Pernambuco tem muitas faces, muitas belezas
(Luiza Pinto Moura)


No Museu do Barro
No Portal as Professoras
Nossas alunas

Nossos Alunos
Agreste Water Park

Aqui só lazer



Este Projeto Apresentado a Profª. Daiana Moreira , no Gestar II, surgiu a três anos, porém não havia sido registrado por escrito, mas por incentivo de algumas colegas de trabalho e mesmo da professora formadora, resolvi escrevê-lo e públicá-lo.
Alunos da Escola Professor Donino foram a Caruaru, numa chamada aulas- passeio, foram pesquisar a cultura do barro existente em Caruaru, com exclusividade o arsenal do Mestre Vitalino e a vida e Obra de Luiz Gonzaga.As pesquisa foram apresentadas na Escola, à professora Luiza Pinto Moura, teve muito para não acontecer, mas nossos alunos e pais foram os patrocinadores, então foi um sucesso total.

Após pesquisass os alunos, mães e professoras foram ao Agreste Water Park, como forma de confraternização e comemoração, pelo êxito dos trabalhos. Neste, ano 2007, foram alunos, algumas mães , professoras Rejane Aparecida, Josivania Rodrigues e Luiza Pinto Moura.Agora, em 2008, contamos com as professoras Luciangela e Elisângela, em 2009, Professoras Janaina Moreira, Marta Soares, Cida França(Escola João Monteiro) e Cidiane Almeida( da Rede Municipal). Estas colaboradoras, acreditaram que seria possível fazermos este trabalho coletivo. Obrigada, carissímas, amigas!

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

Às viagens se concentraram e concentrarão com destino a Caruaru (PE), onde é possível aliar Turismo e divertimento, ao aprendizado. Espaços dotados de diversas áreas verdes e Museus que buscam desenvolver o espírito crítico como leitor de diversos registros lingüísticos, porém tendo oportunidades de vivenciar situações como o simples fato de arrumar uma mochila, compartilhar o alimento, se organizar em grupos, assumindo o papel de protagonista do seu conhecimento, compartilhando e socializando saberes.

Na Terra do Mestre Vitalino ( Caruaru – PE) visita ao Museu do Barro - Estudando a vida e obra do grandioso Luiz Gonzaga, do Mestre Vitalino e a cultura local, City-Tour pelas Avenidas da Cidade e o tão esperando momento o Alto do Moura, momento de mais Cultura e aprendizado, com os artesões deste espaço. É chegada a hora de levar aquela lembrancinha para casa.

No passeio ao Agreste Water Park, oportunidade de participar de um Pic-nic , Pesque e Pague, Passeio à cavalo e charrete, jogo de futebol, banho de piscinas , sorveteria e muitas alegrias. No Agreste Water Park é pura adrenalina. É só Lazer!

Retornando ao ambiente escolar momento de organizar e demonstrar este aprendizado nos mais diferentes registros: leitura diversificadas, jograis, músicas, produções artísticas, busca na Internet e outros.


OBJETIVOS DAS NOSSAS AULAS-PASSEIO

Promover momentos de lazer e confraternização por meios de vivências lúdicas, onde tem tudo a ver com aprendizado, experiências de vida e cidadania.

Ler diferentes registros ligados ao contexto cultural e Social.

Aprender, fazendo, pesquisa de campo, com relatos do que viu, ouviu e sentiu dentro do contexto cultural.

Aprender e trocar informações, como comportar-se em ambientes longe de casa e fora da ESCOLA.

Ter oportunidade de viajar sozinho, pela primeira vez, descobrindo outros horizontes.

Ser companheiro de muitos caminhos e muitas jornadas, dando ênfase ao Projeto Pernambuco conhece Pernambuco.

Realizar uma visita a um Parque Aquático, usufruindo de momentos de lazer e descontração.

PÚBLICO - ALVO

Alunos do Ensino Fundamental II
(sextas e oitavas séries -7º e 9º anos)

Alunos da Escola Professor Donino

Alunos do BRASIL

CRONOGRAMA

As aulas-passeio aconteceram e acontecerão de Outubro a Novembro, com as referentes coletas de dados.


Na segunda semana ao dia 13 de Dezembro, data oportuna, aniversário de Luiz Gonzaga e dia do Forró, dar-se-á, a Culminância do Projeto, no espaço escolar.

AVALIAÇÃO

Dar-se-á através da observação da participação e apresentações dos alunos na execução das atividades propostas.

"LEVE OS SEUS ALUNOS, A SUA TURMA, VALE A PENA!"

“Tudo vale a pena, se a alma não é pequena.”
(Fernando Pessoa)

domingo, 6 de dezembro de 2009













Aulas-pesquisa, visita a I Mostra Pedagógica da Escola de Referência de Belo Jardim, Novembro 2009, Profª Luiza Pinto Moura

Momento de Reflexão

"A honestidade, sem as regras do decoro, transforma-se em grosseria."(Autor desconhecido)

sábado, 5 de dezembro de 2009

SAUDADES

De repente um grito
Preso na garganta
Quisera chamar teu nome
Mas a voz se cala, não sei se consigo
Foram instantes maravilhosos
Que passei ao teu lado

Recordo-me daquele momento
Debaixo do cajueiro
Tuas doces palavras
Embalavam meus sonhos

De repente a realidade
O sonho era a tua saudade
Que soprava como um sussurrar
Aos meus ouvidos: TE AMO!
Ah, se soubesses...
O quanto me fazes falta...
(Luiza Pinto Moura, Setembro, 2009)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

PROJETOS DO GESTAR

Aconteceu neste última quarta-feira, 2 de dezembro, às apresentações dos projetos, do GESTAR II na Escola Professor Donino, em Belo Jardim. O Projeto escolhido para ser apresentado em Caruaru no dia 17 de dezembro foi da Professora Ivanilda Lima(Escola Professor Donino) ,com o tema:
"Leitura, apreciação e criação de textos literários na sala de aula"
Após as apresentações todos os cursistas e a professora formadora, Daianna Moreira, dirigiram-se a Casa da Alimentação para o almoço combinado anteriormente. A profª Auricélia, da Escola Maria Galvão, foi nossa anfitriã.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O FUTURO É AQUI - CONSIDERAÇÔES FINAIS

Durante o Curso GESTAR II foram abordados diversos conteúdos relevantes a nossa prática pedagógica. Algumas atividades venho realizando há muito tempo, outras foram novidades. Os maiores problemas são simplesmente: a falta de material didático e suporte humano, que possa nos dar apoio para vivenciarmos situações diversificadas.

Quando ao repasse dos conteúdos pela professora formadora: Daiana foram bons. Segurança e ética foram palavras que atuaram no GESTAR II, ao começar o curso questionei-a:" Seria uma gestação normal, ou apenas, um aborto". Ela foi firme e segurou todo o tempo o grupo de quatorze professores. "Sempre Alerta!" - Palavra de Escoteira. Fez de cada instante sempre um motivo para um sorriso e fortalecimento para um novo encontro.

O local dos encontros, muitas vezes, deixou-nos apreensivos: Como será? Essa ansiedade muitas vezes levei para sala de aula.Alguns despreparados dizendo que nossas aulas é modismo. Imagine, se há tanto tempo estou trabalhando assim( parecido, não é?). Graças a Deus, Educação está na moda!

Se acreditarmos podemos fazer um amanhã melhor para mim, para você, enfim para TODOS!
A todos que participaram do GESTAR II, sucesso e equilíbrio,
Muita Paz,
Profª Luiza Pinto Moura

CuidAids, CurAids

Primeiro ato
Olhos nols olhos
frio na barriga
a distância diminui
a tensão aumenta
o tesão explode
finalmente a consciência...


Segundo ato
o que fazer?
o que falar?
Tarde demais
Tudo aconteceu como nos
sonhos
Mas agora, o seu parceiro...
Quem será?
Onde estará?
O que terá?

Terceiro ato
No presente momento
só resta você.
Não a espera de um novo
sonho,
pois sonhar é viver...
Agora você espera a morte
ou quem sabe a CurAids.
(Carolina de Souza Lehn, 17 anos Joinville,SC
in:Revista Capricho, s/d)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Inicio do Gestar

No dia 5 de maio aconteceu o primeiro encontro do GESTAR II, da Rede Estadual neste município.
Quase todas escolas presentes, representadas por professores do Ensino Fundamental II. Encontros e mais encontros acontecendo na Escola Professor Donino, neste dia 2 de dezembro acontecerá a culminância do Curso, com apresentações de portifólios e projetos, visando a melhor qualidade do Ensino Público. Após a Conclusão haverá um almoço festivo na Casa da Alimentação.

sábado, 28 de novembro de 2009

EXPERIÊNCIAS INOVADORAS

A Escola Professor Donino na Cidade de Belo Jardim, vem desenvolvendo diversas experiências
inovadoras. Acompanhando o programa Pernambuco conhece Pernambuco, realizou algumas aulas-passeio, envolvendo alunos e professores. Entre elas destaque visita a cidade de Garanhuns, Vale do Catimbau e ao Alto do Moura(Projeto Donino na Terra de Vitalino - Ano III , realizado pela Profª Luiza Pinto Moura)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Cidadezinha qualquer

Casas entre bananaeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar

Um homem vai devagar
Um cacchorro vai devagar
Um burro vai devagar

Devagar... as janelas olham

Eita vida besta, Meu Deus!

(Carlos Drumond de Andrade)

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Estará acontecendo a confraternização do Gestar II , na cidade de Belo Jardim - PE.
Além da aula final, haverá um almoço festivo para todos os participantes, com direito ao amigo chocolate. Interessante!